Grupos

A Fundação não é o único grupo com um interesse e investimento no paranormal e metafísico. Há muitos outros grupos em existência que possuem, utilização ou tentativas de criar objetos considerados SCP, seja para seu próprio ganho pessoal ou para a proteção da humanidade. Algumas organizações são consideradas rivais, outras são grupos dissidentes da Fundação, e por final, alguns são associados da Fundação e de confiança. Em qualquer caso, consideramos necessário criar e distribuir uma breve explicação sobre as agências que a Fundação conhece, e nossa posição em relação a elas.

Universidade Alexylva

Muito pouco se sabe sobre Universidade Alexylva ou seus motivos. A evidência parece sugerir que a organização existe em algum tipo de universo alternativo em que as culturas latina e grega mantém o domínio, pelo menos ao longo do hemisfério ocidental; nada até hoje se sabe sobre ela em qualquer outra parte do mundo. Todos os objetos relacionados com a Universidade foram encontrados no Centro-Sul dos Estados Unidos, e mais especificamente no Tennessee, o líder de pesquisadores da Fundação acredita que a própria Universidade está localizada na área geográfica.

Muitos objetos associados com a Universidade (que não se acredita ter construído nenhum dos objetos) são recuperados durante o transporte postal através de uma agência conhecida como "Combino Phitransimun" e acompanhados por uma documentação relevante, o que ajuda a obter melhores informações sobre os objetos e os lugares de onde eles vieram. Até o momento, tudo o que se sabe sobre os métodos que transferem os objetos é que a tecnologia utilizada tem princípios semelhantes ao de Einstein-Rosen Bridge, um conceito puramente teórico considerado pela ciência contemporânea. Uma seção especial da Universidade conhecido como o Departamento de Filosofia Natural é considerado responsável pelas transferências, possivelmente sem o conhecimento ou consentimento do resto da organização.

SCPs Catalogados Relevantes à Universidade Alexylva incluem SCP-877, SCP-961, SCP-1043, SCP-1080, SCP-1081, SCP-1083, SCP-1546, and SCP-1998. Para ver todos os documentos marcados com alexylva, Clique Aqui.


Somos Legais Ainda?

A coletiva de "terroristas da arte", os membros da somos legais ainda? são capazes de qualquer obtenção ou produção de objetos e entidades anômalas, e usá-los para criar instalações de arte. Estas instalações são colocadas para a máxima exposição pública possível, e muitas vezes são - mas não sempre - fatais para os espectadores; a frase "Somos Legais Ainda?" está sempre presente de alguma forma.

Para ver todos os documentos marcados com somos legais ainda, Clique Aqui.


A Insurgência do Caos

A Insurgência do Caos é um grupo dissidente da Fundação, criada por um grupo desonesto que desertou e roubou vários SCPs altamente úteis em 1924. Desde então, a insurgência tem se tornado um grande jogador no cenário mundial, usando SCPs para obter seu próprio benefício pessoal e consolidar sua base de poder global. A insurgência não se trata apenas de SCPs, mas também em armas experimentais e coleta de inteligência.

Ela faz uso de regimes ditatoriais em países do Terceiro Mundo, muitas vezes usando suas populações da mesma forma como a Fundação faz com pessoal D-Class. Por causa disso, ela ajuda a manter a extrema pobreza e a guerra que é sofrida por esses países, de modo que possa continuar a sua experimentação radical, de fácil recrutamento de forças, e lucrativos negócios com facções rebeldes.

A maioria dos SCPs possuídos pelo Insurgência são desconhecidos, mas daqueles que são conhecidos, o mais notável é o "Cajado de Hermes", um item capaz de entortar as propriedades físicas e químicas de qualquer assunto que toca, e "Sino de entropia", um objecto que pode causar uma variedade de efeitos destrutivos, dependendo de onde é golpeado. Ambos os SCPs foram originalmente obtidos, sem nenhum custo pequeno pela Fundação, e foram roubados pelos fundadores originais da insurgência. A insurgência também tem uma associação com SCP-355 e SCP-884.

A principal base de operações da Insurgência é desconhecida, assim como os seus líderes. Esta organização é diretamente antagônica à Fundação, vindo a colidir para a obtenção de itens SCP várias vezes. Pessoal da Fundação deve sempre estar ciente de possíveis ataques, atentados terroristas e espiões da insurgência, e notificar ao comando sobre qualquer comportamento estranho de colegas.

Para ver todos os documentos marcados com insurgência do caos, Clique Aqui.


A Igreja do Deus Quebrado

Pouco depois da descoberta e contenção de SCP-882, vários membros dessa "igreja" se aproximaram e exigiram o retorno de "o coração de Deus". Liderados por Robert Bumaro, eles são um grupo de fanáticos, acreditando que muitos dos itens classificados SCP a ser partes de um "deus" que foi quebrado após a criação do universo. E ao junta-lo, também vão ganhar divindade. Desde o primeiro contato, outros três componentes-chave do "Deus" também foram tentativamente identificados como: SCP-217, SCP-271 e SCP-1139. E uma da Igreja seita dedicada à SCP-808.

Eles são extremamente hostis aos agentes da Fundação, chamando-os de "hereges", e tentarão matar agentes e quebrar a contenção qualquer item SCP. Não se sabe como eles são capazes de detectar esses itens, mas eles têm demonstrado a sua capacidade de fazer isso com precisão assustadora. Além disso, eles têm demonstrado uma notável capacidade para resistir aos efeitos mentais de itens SCP, nomeadamente SCP-882 e sua "isca mentais".

A Igreja é vista como uma ameaça tanto para a Fundação quanto para SCPs. Os membros devem ser detido pela força, ou eliminados por qualquer meio considerado necessário pelos agentes da Fundação.

Para ver todos os documentos marcados com deus-quebrado Clique Aqui.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License