SCP-034
Avaliação: 0+x
034.jpg
Imagem arquivada de SCP-034

Item nº: SCP-034

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-034 deve ser mantido em uma sala segura, com acesso concedido somente a funcionários de Nível 4. SCP-034 em si será mantido em uma caixa trancada, mantida 24 horas por dia sob supervisão. Quando não estiver em ambiente laboratorial, a bainha protetora de SCP-034 não pode ser removida sob nenhuma circunstância. Qualquer funcionário que entre em contato com SCP-034 deve ser colocado em observação por um período de 24 horas, até que sua identidade possa ser confirmada.

Descrição: SCP-034 é uma adaga primitiva construída totalmente de obsidiana pura. Testes revelam que SCP-034 tem cerca de 1000 anos de idade. Apesar de seu método de construção bruto e idade avançada, SCP-034 ainda é incrivelmente afiada e não precisa de qualquer manutenção. Análises de especialistas criaram a hipótese de que SCP-034 tem origem sul-americana, e que o objeto teria sido usado em rituais de nativos americanos. Diversos relatos de conquistadores espanhóis na região de █████████ suportam esta hipótese, com escritos detalhados sobre como os sacerdotes █████ esfolavam suas vítimas vivas com adagas similares e vestiam suas peles como tributo para seus deuses.

SCP-034 possui a habilidade de permitir que seu portador adquira a aparência de outro indivíduo. Se SCP-034 for usada para cortar um pedaço da carne de um indivíduo vivo, e se este pedaço for colocado sobre a pele de outro indivíduo, o segundo adotará não só a aparência, mas todas as características físicas do primeiro. Testes mostraram que a quantidade mínima de pele necessária é um (1) centímetro quadrado. Entretanto, testes também revelaram que a duração da farsa é diretamente proporcional à quantidade de carne utilizada. A razão entre quantidade e tempo foi medida em aproximadamente uma (1) hora para cada centímetro quadrado utilizado. Após o fim da duração, o indivíduo afetado reverte à sua forma original.

Análises de SCP-034 indicam que seu método para copiar outro indivíduo é praticamente perfeito. Não só SCP-034 altera a aparência física, mas também os atributos físicos, incluindo altura, peso, massa muscular, densidade óssea, crescimento de pelos e cabelo, visão, força, doenças físicas, e até mesmo DNA. Os portadores ainda retém suas personalidade e memória originais. Apesar de o processo ser quase instantâneo, cobaias humanas descreveram a transformação como sendo extremamente dolorosa. Portadores também podem sofrer traumas psicológicos, dependendo da extensão da transformação sofrida. Os efeitos colaterais são especialmente graves se o indivíduo adotar a aparência de uma pessoa de sexo distinto, ou com características físicas muito diferentes de si.

Contudo, para funcionar devidamente, os indivíduos que tiveram sua pele cortada por SCP-034 devem estar biologicamente vivos para que a farsa seja mantida. Se o indivíduo cuja identidade foi roubada morrer, os efeitos imediatamente desaparecem. Mais detalhes podem ser encontrados no Relato de Laboratório 034A. Ademais, SCP-034 aparenta só funcionar em seres humanos. Experimentos entre espécies resultaram em [DADOS EXPURGADOS].

A Fundação obteve a posse de SCP-034 quando um impostor emulando o Dr. ███████ tentou se infiltrar na Área ██. O impostor foi apreendido quando as autoridades descobriram o verdadeiro Dr. ███████ amarrado em sua residência, com uma grande parte de seu braço direito esfolado. Mais detalhes podem ser encontrados no Relato Pós Interrogatório 2211.

Relato de Laboratório 034A: Nós decidimos testar diversos cenários envolvendo os limites da habilidade de SCP-034.

  • Teste 1: Amostra retirada de um cadáver humano e aplicada a D-452. Sem efeito.
  • Teste 2: Amostra retirada de D-532 e aplicada a D-452. D-452 adquire a forma de D-532 com sucesso. Após a rescisão de D-532, D-452 imediatamente reverte à sua forma original.
  • Teste 3: Amostra retirada de paciente com morte cerebral e aplicada a D-452. D-452 adquire a forma do paciente com sucesso e consegue manter a farsa.
  • Teste 4: Amostra retirada de um paciente terminal e aplicada a D-452. O estado terminal tinha como causa um defeito genético inato. D-452 adquire a forma do paciente com sucesso, bem como a doença do paciente. Ambos expiram ao mesmo tempo, após a morte, D-452 reverte a sua forma original.
  • Teste 5: [DADOS EXPURGADOS]

Relato Pós Interrogatório 2211:

Como procedimento padrão, nós primeiro tentamos interrogar o prisioneiro com métodos não-violentos e não-invasivos. Entretanto, quando estes métodos não foram eficazes, nós começamos a implementar técnicas convencionais de interrogatório. Apesar de parcialmente bem-sucedidos, julgamos necessário utilizar SCP-███, SCP-███, SCP-███ e SCP-███. Conseguimos obter as seguintes informações:

  • O prisioneiro possuía extenso conhecimento da existência da Fundação e seu funcionamento interno.
  • O prisioneiro possuía extenso conhecimento de outras agências e grupos relacionados a SCPs.
  • O prisioneiro não agia sob comando oficial de qualquer agência governamental.
  • O prisioneiro obteve SCP-034 e instruções para seu uso de um patrono desconhecido.
  • O prisioneiro recebeu instruções específicas para infiltrar a Área-██ e manter sua posição até novo contato.
  • O prisioneiro tinha amostras suficientes do Dr. ███████ para manter-se na Área-██ por ██ dias.

Lamentavelmente, o prisioneiro não sobreviveu ao interrogatório. -Agente ██████


Artigo Original

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License