SCP-061
Avaliação: 0+x

Item nº: SCP-061

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: O código fonte de SCP-061 deve ser mantido em um disco compacto (CD-ROM) de qualidade para arquivos e de somente leitura; quatro cópias do CD-ROM com o código fonte devem ser armazenadas em compartimentos de segurança máxima para objetos inanimados distintos. Exceto para fins de experimentação, SCP-061 não deve ser carregado, compilado ou executado. Propostas para pesquisas envolvendo SCP-061 requerem aprovação por escrito do comando da área. Somente uma cópia do CD-ROM contendo o código fonte de SCP-061 pode ser utilizado por vez; o CD-ROM deve ser rearmazenado imediatamente após ser usado para carregar o código fonte de SCP-061 em um dispositivo.

SCP-061 nunca deve ser carregado, compilado ou executado em qualquer dispositivo com conexão à internet, seja diretamente ou através de outro dispositivo. SCP-061 nunca deve ser carregado, compilado ou executado em qualquer dispositivo capaz de conectividade wireless, esteja este recurso ligado ou não.

Para fins de experimentação, SCP-061 pode ser carregado, compilado e executado em uma LAN consistindo de no máximo três (3) dispositivos, além de periféricos. Nenhum dispositivo deve ser desconectado da LAN durante o experimento. Após o fim do experimento, todos os dispositivos da LAN devem ser formatados imediatamente. Periféricos de saída de áudio desta LAN devem ser contidos em uma câmara de observação protegida por insulação anti-ruído a vácuo. Em caso de uma brecha de perímetro por entidades hostis durante experimentos com SCP-061, todos os dispositivos da LAN devem ser destruídos imediatamente.

Descrição: SCP-061 é um programa acústico de computador em desenvolvimento por pesquisadores SCP com o objetivo de produzir contra-medidas a programas similares desenvolvidos por governos e indivíduos ao redor do mundo. Inspirado por uma pesquisa com [DADOS EXPURGADOS], o Comando SCP viu potencial e risco na habilidade de controlar as funções cerebrais de seres humanos. É conhecimento comum que música é capaz de suscitar emoções e lembranças e que alguns ruídos são capazes de provocar medo ou excitação. Governos ao redor do mundo têm tentado expandir esta premissa há décadas; a pesquisa realizada pela Fundação SCP foi a primeira a obter resultados e provocar alterações em funções cerebrais complexas.

As partes do cérebro afetadas por SCP-061 diferem daquelas estimuladas por [DADOS EXPURGADOS] ou por mensagens subliminares. Ao invés de agir em áreas do cérebro tidas como responsáveis pelo subconsciente, as frequências acústicas produzidas por SCP-061 interceptam os pensamentos conscientes produzidos e os substitui. Ao invés de sofrer sugestão, o centro de audição secciona a mente consciente do lobo frontal com o córtex motor primário do cérebro.

Um ritmo base "convence" o resto do cérebro que o consciente está "adormecido", efetivamente impedindo a continuidade de pensamentos conscientes no restante do cérebro. Juntamente, o lobo frontal sofre uma "pausa" similar aos efeitos psicológicos de anestesia. Os códigos acústicos de SCP-061 são então interpretados diretamente pelo córtex motor como instruções conscientes, fazendo com que o indivíduo se comporte de acordo com eles. (Ver Adendo-01)

Indivíduos normalmente adotam uma expressão facial "vazia" sob a influência de SCP-061. Eles não respondem a tentativas de comunicação e não expressam quaisquer desejos, como fome ou desejo sexual. Embora todos os comandos sejam seguidos sem objeção, os efeitos do controle auditivo cessam assim que o indivíduo torna-se incapaz de ouvir o programa. A maioria das cobaias é incapaz de lembrar de suas ações praticadas sob este controle, embora algumas tenham vivenciado o efeito de "assistirem, impotentes" seus corpos agirem contra sua vontade.

O objetivo da pesquisa é descobrir formas de neutralizar os efeitos do controle mental auditivo; contudo, somente dois métodos de neutralização foram bem sucedidos até o momento. No primeiro, a audição do indivíduo é debilitada, fazendo com que não consiga mais ouvir o programa, cobrindo seus ouvidos ou ensurdecendo o indivíduo. Na segunda, o programa é utilizado para enviar uma instrução ao centro de audição do cérebro, desligando-o permanentemente. Embora a audição permaneça funcional, não foi possível desenvolver o código necessário para "reiniciar" o centro de audição.

Adendo-01: Todos os indivíduos foram submetidos ao controle auditivo, receberam um comando codificado e foram monitorados em seguida.

  • Indivíduo - 4402F
    • Comando: [Dormir]
    • Resultado: O indivíduo se deitou no chão em posição fetal e seu cérebro começou a emitir ondas alfa associadas com o estado de sono. Seus olhos permaneceram abertos, mantendo a expressão "vazia" comum nos indivíduos sob controle, mas seus olhos começaram a tremer rapidamente, de uma maneira associada ao sono REM.
  • Indivíduo - 4427M
    • Comando: [Correr na esteira]
    • Resultado: O indivíduo subiu na esteira e começou a correr. O indivíduo não tinha ligado a esteira anteriormente, o que fez com que o indivíduo se chocasse contra os controles da máquina. O indivíduo repetiu este resultado até receber o comando [Pare]. Nota: É recomendado o uso de comandos mais detalhados para a realização de tarefas.
  • Indivíduo - 4427M
    • Comando: [Ligar a esteira; Correr na esteira]
    • Resultado: O indivíduo ligou a esteira na velocidade máxima, subiu e tentou correr, sendo ejetado para fora em seguida. O indivíduo tentou repetidamente ligar a esteira em velocidades aleatórias e correr, provocando diversos resultados. Nota: É recomendado o uso de comandos mais detalhados para a realização de tarefas.
  • Indivíduo - 4427M
    • Comando: [Ligar a esteira em velocidade de caminhada; Caminhar na esteira]
    • Resultado: O indivíduo caminho com sucesso na esteira até receber o comando [Pare], quando foi ejetado da esteira. Nota: Os indivíduos devem estar em posição segura e neutra antes do envio de comandos [Pare].

Artigo Original

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License