Registro de Experimentos 080-2

Experimento 080-2-A:

Data: █-█-20██
Cobaia: D-080-1, sexo masculino, 19 anos
Procedimento: Indivíduo foi introduzido na câmara com SCP-080
Detalhes:

Indivíduo entra na câmara contendo SCP-080 às 14:26.

<Início do Registro, [14:26]>

Dr. █████: D-080-1, você consegue ver alguma coisa?

D-080-1: Não, está tudo escuro aqui.

(Indivíduo permanece em silêncio por alguns minutos)

D-080-1: Vocês deixaram alguma coisa entrar aqui? Parece que tem alguém me olhando.

Dr. █████: Não, D-080-1. Não deixamos nada entrar na câmara.

D-080-1: Que porra é essa? (D-080-1 é visto tropeçando e caindo no chão.)

Dr. █████: O que você está vendo?

D-080-1: Uma escuridão gigante, como se tivesse alguém parado no canto. Meu Deus, ele tá olhando pra mim! Me deixem sair! (D-080-1 começa a esmurrar a porta que leva à antecâmara.)

Dr. █████: Está olhando pra você? Por favor descreva sua aparência física.

D-080-1: Eu não sei! Meu Deus, me deixa sair. Eu não quero ficar aqui. (D-080-1 começa a ofegar.)

Dr. █████: Me fale a aparência dele, D-080-1. Aí nós podemos te deixar sair.

D-080-1: Parece uma pessoa, encurvada no canto.

Dr. █████: É humano?

D-080-1: É grande demais pra ser humano. (D-080-1 boceja.) Ainda tá olhando pra mim, Doutor, continua me encarando.

Dr. █████: Chegue mais perto dele.

(D-080-1 começa a se mover para o canto da câmara, tendo dificuldades óbvias para se manter em pé.)

D-080-1: Os olhos parecem fumaça, me olhando. Como se ele quisesse alguma coi- (D-080-1 cai novamente no chão.)

Dr. █████: D-080-1, consegue me ouvir?

(O indivíduo não responde pelos próximos 5 minutos)

<Fim do Registro, [14:58]>

Presume-se que o indivíduo tombou. Subsequentemente, não foi encontrado nenhum vestígio de D-080-1 e presume-se que SCP-080 o tenha consumido.

Experimento 080-2-B:

Data: ██-██-20██
Cobaia: D-080-2, sexo feminino, 30 anos
Procedimento: Indivíduo foi introduzido na câmara com SCP-080, com o objetivo de interagir fisicamente com SCP-080.
Detalhes:

Indivíduo entra na câmara contendo SCP-080 às 17:35 sob as ordens do Dr. █████.

<Início do Registro, [17:35]>

Dr. █████: Me conte o que você vê.

D-080-2: Eu não tô vendo merda nenhuma. Por que tá tão escuro aqui? (após alguns minutos) Cacete, o que é isso? Tá parado no meio da sala.

Dr. █████: Descreva o que você está vendo.

D-080-2: Tá parado no meio da sala, eu consigo ver dois… olhos, acho.

Dr. █████: Você pode, por favor, se aproximar e nos avisar se algo mudar?

D-080-2: Eu me sinto sonolenta… vocês me drogaram ou algo assim?

Dr. █████: Estique o braço e toque-o. Me diga o que você sente.

D-080-2: Você quer que eu encoste nessa coisa?

Dr. █████: Sim, por favor prossiga.

(Após alguns minutos de discussão, presume-se que D-080-2 tocou SCP-080, neste momento, o indivíduo parou de responder.)

<Fim do Registro, [18:12]>

A cobaia foi encontrada dormindo no canto da câmara de contenção de SCP-080, parecia não ter sofrido danos físicos durante o experimento. Ela foi entrevistada após avaliação médica assegurar sua integridade física. (Ver Registro de Entrevista Anexo 080-1).

Experimento 080-3-C:

Data: ██-██-20██
Cobaia: D-080-3, sexo masculino, 24 anos
Procedimento: Indivíduo foi introduzido na câmara com SCP-080, após tomar anfetaminas poderosas.

Ao entrar na câmara, o indivíduo foi instruído a relatar para os pesquisadores o que via. Indivíduo descreveu uma figura sombria no centro da câmara. O indivíduo foi instruído a ficar parado e relatar qualquer mudança. Dez minutos depois do início do experimento, o indivíduo começou a bocejar e tornou-se perceptivelmente assustado. O indivíduo parou de cooperar e tentou escapar da câmara de contenção. Após fracassar, expressou intenção de ferir SCP-080, e presume-se que tentou atacar o objeto. Após fazê-lo, o indivíduo desmaiou imediatamente.

O corpo de D-080-3 foi recuperado pouco tempo depois, tendo aparentemente sofrido de um ataque cardíaco fulminante. Ao coletar o corpo de D-080-3, pesquisadores relataram uma sensação de segurança, de estarem sendo observados, bem como uma maior consciência da presença de SCP-080 na câmara.

Registro de Entrevista 080-1:

Entrevistada: D-080-2

Entrevistador: Dr. █████

Prefácio: D-080-2 foi entrevistada após participar de um experimento inconclusivo com SCP-080, onde a entrevistada foi presa em uma câmara com SCP-080 por 37 minutos.

<Início do Registro>

Dr. █████: Por favor descreva o que você se lembra do experimento.

D-080-2: (Mais tarde, Dr. █████ notou que D-080-2 tinha uma expressão e um tom de voz 'distraídos') Você me falou pra eu ir até aquilo e tocá-lo, eu não queria, não queria.

Dr. █████: O que aconteceu quando você tocou?

D-080-2: Quando eu toquei? Você viu aquela coisa? Tocar. Eu não conseguia me mexer, aquilo tava me olhando, e eu não conseguia me mexer.

Dr. █████: Você parou de responder por vários minutos, o que estava fazendo?

D-080-2: (fica visivelmente perturbada) Ele só me olhava, eu não conseguia me mexer. Não conseguia respirar. (D-080-2 começa a hiperventilar.)

Dr. █████: Se acalme, D-080-2, respire fundo. Você se lembra de adormecer?

D-080-2: Ele só olhava e olhava, não se mexia, mas eu senti alguma coisa! Eu estava no chão e eles estavam em cima de mim. Eles estão aqui! (D-080-2 começa a gritar e se levanta abruptamente.) Não, eles estão tentando me levar, de volta pra aquela coisa. Eu não vou voltar! Vocês não podem me fazer voltar pra lá!

//(D-080-2 ataca o Dr. █████, e é subsequentemente rescindida.)

<Fim do Registro>

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License