SCP-1000

Item nº: SCP-1000

Classe do Objeto: Keter

Procedimentos Especiais de Contenção: Todos os relatos na mídia sobre SCP-1000 devem ser verificados em relação à sua veracidade. Todas as organizações e indivíduos investigando a existência de SCP-1000 devem ser mantidos sob vigilância pela Força Tarefa Móvel Zeta-1000 e desacreditados ou amnesiados. Qualquer prova física da existência de SCP-1000 deve ser apreendida e mantida sob custódia da Fundação, sendo substituída por cópias falsas, caso necessário. Qualquer alegação de visualização de SCP-1000, não importa quão trivial, deve ser verificada pela FTM Zeta-1000.

Não é permitida qualquer forma de contato com espécimes de SCP-1000 na natureza ou em cativeiro sem aprovação do Diretor Jones. Qualquer interação entre SCP-1000 e seres humanos, ainda que funcionários da Fundação, deve ser imediatamente relatada ao Diretor Jones.

Descrição: SCP-1000 é um primata onívoro e noturno, classificado na família Hominini, juntamente com os gêneros Pan e Homo. Os espécimes adultos possuem entre 1,5 e 3,0 m (5 a 10 pés) de altura, e pesam de 90 a 270 kg (200 - 600 libras). Eles possuem pelagem cinza, marrom, preta, ruiva e ocasionalmente branca. Apresentam olhos grandes, com boa visão, uma crista pronunciada nas têmporas e um espigão sagital na testa, similar ao dos gorilas, mas presente nos dois gêneros. Sua inteligência é similar à dos Pan troglodytes (chimpanzé comum).

SCP-1000 evoluiu em paralelo ao Homo sapiens, sendo contemporâneo em grandes quantidades aos proto-humanos e humanos até entre 10.000 e 15.000 anos atrás, quando um evento de extinção eliminou toda a sua população, excetuando entre 1 e 5%. Este evento foi ocasionado pela contração de uma "pseudo-doença" anômala classificada como SCP-1000-f1. Esta doença é transmitida em nível genético e afeta todos os espécimes da atualidade.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License