SCP-155
Avaliação: 0+x
0155.jpg
Um processador não-anômalo removido de SCP-155.

Item nº: SCP-155

Classe do Objeto: Seguro

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-155 deve ser contido em uma câmara protegida contra calor e radiação na Área ██. Toda a documentação obtida e a compilação de informações derivadas de engenharia reversa relativas a SCP-155 estão disponíveis para todos os funcionários com níveis de autorização suficientes. Entretanto, a execução de programas em SCP-155 só pode ser feita mediante autorização prévia de pelo menos dois (2) Pesquisadores Sênior de Nível 3. Para informações sobre os procedimentos relativos à segurança térmica e radioativa no uso de SCP-155, favor ler o Documento 155-EXEC-1.

Os experimentos com SCP-155 encontram-se suspensos desde o Incidente 155-08, até que a descontaminação da antiga câmara de contenção de SCP-155 seja executada e que o objeto seja realocado a uma nova câmara. Todas as tarefas a serem executadas por SCP-155 agora devem ser triplamente inspecionadas, para prevenir a possibilidade de execuções intermináveis.

Descrição: SCP-155 é um dispositivo eletrônico complexo, consistindo de um supercomputador Cray CS6400 altamente modificado, um gerador termoelétrico de radioisótopos dedicado, e um dispositivo cuja engenharia reversa ainda não foi completamente concluída. SCP-155 foi obtido no subsolo do laboratório principal de pesquisa dos Laboratórios Prometheus por membros da Força Tarefa Móvel Mu-4 ("Depuradores") após a destruição das instalações por intervenção da Fundação.

Quando um programa e dados são carregados em SCP-155 e executados, SCP-155 gera um campo esférico de distorção temporal com um raio de aproximadamente 5 m. Dentro desta esfera, a passagem do tempo é dramaticamente acelerada, provocando um aumento hiperbólico do poder de processamento de SCP-155. A execução começa lentamente, uma vez que o hardware de processamento de SCP-155 é bastante antigo, mas seu processamento efetivo tende ao infinito após cerca de 8 minutos e 14 segundos de execução. A partir das informações obtidas em documentos adquiridos nos Laboratórios Prometheus, SCP-155 era utilizado para executar cálculos maciços que demorariam meses ou anos para serem processados em dispositivos comuns.

Apesar de sua capacidade, a operação de SCP-155 é altamente perigosa, pois o calor e radiação gerados pelo objeto são aprisionados e acumulados durante sua operação, formando um 'horizonte de eventos' de energia que é liberada ao fim da operação. A execução de programas por mais de seis (6) minutos gera radiação suficiente para contaminar a câmara de contenção de SCP-155, tornando-a imprópria para entrada de pesquisadores até sua descontaminação.

Adendo 155-01: Incidente 155-08

Em ██/██/██, Dr. ███████ inseriu um programa defeituoso em SCP-155 que provocou uma execução interminável (um 'loop' infinito). O desligamento emergencial de SCP-155 foi acionado por técnicos e pesquisadores que perceberam o erro, mas o dispositivo só parou completamente após 8 minutos e 3 segundos de execução. Neste ponto, uma intensa onda de calor e radiação derreteu a câmara de contenção de SCP-155, provocando onze (11) mortes e a destruição completa da ala C da Área ██. SCP-155 sofreu somente pequenos danos durante o incidente, mas todos os experimentos com o objeto foram suspensos até que os procedimentos especiais de contenção do objeto sejam revisados e até que as peças do dispositivo danificadas pelo processo de envelhecimento acelerado sejam substituídas.


Artigo Original

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License