SCP-164
Avaliação: 0+x

Item nº: SCP-164

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: Culturas de SCP-164 devem ser contidas utilizando procedimentos de risco biológico padrão Classe-3, e armazenadas com marcações claras em uma unidade refrigerada de biocontenção a 10 graus Celsius. Embora patogênico, SCP-164 não é altamente contagioso; embora seja recomendada cautela na manipulação das culturas e de pacientes infectados, o uso de luvas de látex e máscaras médicas são geralmente suficientes para evitar a proliferação da doença. Qualquer funcionário acidentalmente contaminado será submetido a seis meses de quimioterapia após a apresentação dos primeiros sintomas e, conforme necessário, a cirurgia.

Surtos identificados na população comum devem ser abordados utilizando o procedimento de encobrimento Alef-█ para materiais contagiosos.

Descrição: SCP-164 é uma cepa de células cancerosas que causa o surgimento de tumores similares ao sarcoma nos corpos de seus hospedeiros. Embora o DNA das células seja primariamente derivado de DNA humano, as células se comportam como parasitas unicelulares de reprodução assexuada. Diversas características tornam SCP-164 notável:

  • SCP-164 é a única forma conhecida de câncer parasítico (transmissível) capaz de infectar seres humanos. As cepas podem ser transmitidas, em ordem de infecciosidade, por: contato sanguíneo, relações sexuais, contato da pele e contato aéreo. Quimioterapia e procedimentos cirúrgicos são formas eficazes de tratar a doença em todos os seus estágios.
  • Os tumores provocados por SCP-164 que atingem determinado tamanho comportam-se de maneira normal para sarcomas cancerígenos em 75% dos casos. Entretanto, em 25% dos casos, os materiais corporais do hospedeiro são utilizados para criar um organismo novo e independente dentro do tumor. No caso de múltiplos tumores, alguns ou todos podem exibir esse comportamento. Estes organismos aparentemente se iniciam com zigotos (óvulos fecundados) que se replicam, de forma similar à dos fetos. Externamente, este crescimento não se distingue do comportamento normal de tumores, e pode passar desapercebido nos estágios iniciais.

Estranhamente, os organismos que atingem a maturidade são identificados como pertencentes a uma espécie completamente desvinculada à do hospedeiro, sendo identificados como uma espécie previamente desconhecida da ordem Teuthida (lulas). A remoção destes organismos revela que eles são completamente capazes de sobreviver em ambiente marítimo, podendo realizar atos normais como locomoção, alimentação, defesa básica, reprodução, et cetera. Contudo, estes organismos são também capazes de sobreviver dentro do tumor original, raramente se movendo ou mudando de posição e continuando a crescer até provocarem a morte do hospedeiro. A existência e a natureza destes organismos (SCP-164-2) frequentemente passa despercebida em pacientes do público geral até que uma biópsia ou cirurgia revele o organismo maduro.

Os organismos e tumores de SCP-164 podem interagir com a fisiologia do hospedeiro de formas interessantes. Os casos a seguir são particularmente notáveis:

  • Classe-D de sexo feminino, 23 anos: Os tumores de SCP-164 surgiram na parede uterina. O corpo da hospedeira aparentemente reconheceu o tumor como um feto humano e realizou um parto normal após 9 meses, contendo espécimes vivos de SCP-163-2.
  • Classe-D de sexo masculino, 30 anos: Tumores surgiram na medula espinhal, desregulando o sistema nervoso central. Como resultado, os movimentos de SCP-164-2 ocasionalmente faziam com que os braços do hospedeiro balançassem, sugerindo a ocorrência de uma "fiação-cruzada" dos sistemas nervosos dos dois organismos. A biópsia realizada sustenta esta hipótese.
  • Classe-D de sexo masculino, 25 anos: Tumores surgiram próximos ao esôfago e laringe do hospedeiro, em uma localização que normalmente bloquearia estas passagens e rapidamente mataria o paciente. Ao invés disto, o crescimento dos tumores se direcionou para o pescoço, evitando a morte precoce do hospedeiro. Dr. █████ sugere que esta tenha sido uma ação deliberadamente tomada por SCP-164.

Artigo Original

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License