SCP-203

Item nº: SCP-203

Classe do Objeto: Euclídeo

Procedimentos Especiais de Contenção: SCP-203 deve ser mantido, enquanto desativado, na Casamata de Armazenamento 3-A na Base de Pesquisa ██. Dois funcionários Classe-D equipados com filtros de som devem vigiar a Casamata 3-A, em antecipação a possíveis ativações acidentais do mecanismo de defesa do objeto. Quando estiver ativo, SCP-203 deve ser acompanhado por escolta armada durante qualquer procedimento.

Descrição: SCP-203 aparenta ter sido um ser humano caucasiano do sexo masculino de idade indeterminada. O objeto possui dois metros e meio (2,5) de altura (embora tenha sido teorizado que a estrutura "esqueletal" do objeto seja responsável pelo aumento da altura original do indivíduo, essa hipótese é sustentada por sua musculatura irregular), e pesa cerca de duzentos (200) quilogramas.

Toda a estrutura esqueletal do objeto foi removida e substituída por uma estrutura mecânica feita de ferro fundido, capaz de locomoção autônoma. Esta estrutura aparenta ser o único meio de locomoção de SCP-203, independente de sua musculatura. Há rompimentos em diversos pontos na pele do objeto, revelando partes da estrutura metálica subcutânea1. Além destes pontos, algumas partes da estrutura parecem ter sido feitas intencionalmente para irromper da carne do objeto, formando um padrão estético2. As alterações realizadas no corpo do objeto incluem, mas não estão limitadas a:

  • Os dedos foram esticados e transformados em farpas afiadas com aproximadamente um (1) metro de comprimento.
  • Os lábios foram removidos, revelando ausência de maxilar em SCP-203 e sugerindo que seu crânio seja uma peça única e oca. O restante do tecido oral foi ligado ao 'crânio' com diversas protusões em forma de ganchos. No lugar da boca, foi soldada uma pequena grade de metal, parecida com a saída de auto-falantes. Este implante produz vocalizações básicas, por processo desconhecido.
  • As vértebras foram substituídas por uma barra de ferro segmentada, com diversas pontas afiadas distribuídas sem padrão.
  • As pernas possuem duas juntas adicionais (deixando-as com aparência digitígrada) com tubos de aço saindo delas e se unindo nas costas, cuja função é desconhecida.
  • A caixa torácica não possui esterno, fazendo com que a pele do objeto se repuxe para dentro a cada movimento de seu diafragma.
  • As orelhas foram removidas, a pele sobressalente foi suturada3.
  • [EXPURGADO] removido.
  • Todos os dedos dos pés foram removidos e substituídos por um pedaço sólido de ferro, vagamente similar à parte metálica de um sapato com 'biqueira de ferro'. Os calcanhares foram implantados com peças similares.
  • Os olhos foram preservados, mas mantidos em posição totalmente frontal por diversas agulhas inseridas ao redor das órbitas. As irises se mantém permanentemente dilatadas e não são fotorreativas.

Apesar da ausência de cordas vocais, SCP-203 é capaz de comunicação verbal através do transdutor localizado em sua face. O objeto parece entender português, até certo ponto, mas sua língua primária parece ser um dialeto de árabe anteriormente desconhecido. SCP-203 não possui memórias de sua vida antes das alterações feitas em seu corpo, explicitando somente sensações quase constantes de dor e confusão.

SCP-203 aparentemente funciona com uma célula de energia interna capaz de mantê-lo ativo por períodos de 72 horas. Após este prazo, o objeto entra em um estado de hibernação que dura de 3 a 4 horas. O objeto é incapaz de desligar sua fonte de energia voluntariamente, embora tenha expressado que estes períodos de "sono" são a única fuga de sua existência miserável. Como não é possível, no momento, determinar a veracidade das afirmações do objeto, qualquer expressão de dor ou depressão deve ser tratada como uma tentativa do objeto de evocar simpatia e deve, portanto, ser desconsiderada.

Raios-X, tomografias computadorizadas, e todas as outras formas de imagens diagnósticas4 foram incapazes de revelar o funcionamento interno de SCP-203 além do nível subcutâneo. Cirurgias exploratórias ativam um sistema secundário de defesa que [REMOVIDO].

Recentemente, foi descoberto que SCP-203 possui a habilidade de emitir um zumbido de alta-frequência, superficialmente similar ao feedback comum de áudio, capaz de danificar gravemente o sistema nervoso humano. Contudo, este mecanismo só é ativado quando o objeto é provocado ou ferido. Para maiores informações sobre esta habilidade, ver o relatório de testes em anexo.

SCP-203 solicitou, em diversos momentos, anestésicos, analgésicos e, ocasionalmente, narcóticos. Estes pedidos estão sob análise.

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License